Atendimento bolsa família em Açailândia

Atendimento bolsa família em Açailândia

Atendimento bolsa família em Açailândia

AÇAILÂNDIA/BOLSA FAMILIA

Atendimento bolsa família em Açailândia

O programa bolsa família atende um pouco mais de 18 mil famílias carentes em Açailândia.

O programa Bolsa família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza (com renda mensal por pessoa R$140,00), de acordo com a lei 10.836, de 09 de janeiro de 2.004 e o artigo de N° 5.209 de 17 de setembro de 2004. As famílias devem estar devidamente cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). A soma da renda da família é feita a partir da soma de todo o dinheiro que os membros da família possam ganhar por mês.

As famílias ao serem cadastradas recebem visitas em suas residências por agentes identificados pelo programa que averiguam as situações de cada família, para saber se estão de acordo com as informações fornecidas no ato do cadastro. Após isto, elas aguardam o beneficio ser liberado pelo governo federal se o seu cadastro for aprovado.

Cada família recebe de acordo com a renda mensal da família que varia entre R$70,00 a R$200,00.

Os jovens e adolescentes beneficiados pelo programa têm que está devidamente matriculados e freqüentando as aulas normalmente. Para continuar recebendo o beneficio.

De acordo com Ilma Dias dos Santos, coordenadora do programa em Açailândia, atualmente existem 18.111 pessoas cadastradas no programa no município, destas somente 12.600 recebem o benefício e cerca de 5.511 aguardam a liberação do beneficio pelo Governo Federal.

Segundo ela, as famílias que ainda não são cadastradas no programa podem procurar a sede do mesmo no município que fica na Av. Bernardo Sayão, Centro ao lado da Secretária de Ação Social. Para maiores informações devem ligar para o telefone 3538-5858. O horário de atendimento é das 08:00 as 12:00 e das 12:00 as 17:30 de segunda a sexta. As pessoas podem procurar o programa durante todo o ano a partir do inicio do ano letivo para atualizarem seus cadastros.  

Ilma, ainda falou que esse programa veio pra ajudar as pessoas de baixa renda a continuar com os seus filhos freqüentado a escola, pois muitas famílias as vezes não tem com que comprar o material escolar dos filhos ou algumas vezes não tem o que comer em casa. Por esse e outros motivos muitas crianças e adolescentes deixam de ir a escola e acabam tomando caminhos errados para poder se manter e muitas vezes manter a família.

Disse ela que: em Açailândia, o programa contribuiu muito para que muitas crianças voltasse a escola e que saíssem do mundo da criminalidade ou da exploração infantil, (trabalho infantil) tirando as crianças e adolescentes das ruas.  

Ainda segundo a coordenadora do programa no município, Ilma Dias dos Santos, as famílias que hoje são beneficiadas pelo programa no município atendem a todos os critérios da lei federal.

O programa Bolsa família contribui de significativa para a redução da extrema pobreza e da desigualdade. Também contribui para a melhoria da situação alimentar e nutricional das famílias beneficiadas.

As famílias que são cadastradas no programa recebem um acompanhamento do programa para saber se estão de acordo com os critérios exigidos pelo programa.

As informações são da Coordenação do Bolsa família Açailândia.

 

Carlos Cristiano/canelaneles.com.br

Comentarios

Deixe seu comentario